Cachoeira comemora o 13 de março

SITUADA ÀS MARGENS DO RIO PARAGUAÇU, A “CIDADE HEROICA” COMPLETA 177 ANOS DE SUA EMANCIPAÇÃO.

Mariana Andrade

Cachoeira elevou-se à categoria de cidade em 13 de março de 1837. Em 1971, foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico Artístico Nacional e passou a ser considerada Monumento Nacional. Para a comemoração de seus 177 anos, a Prefeitura de Cachoeira, através da Secretaria de Cultura e Turismo, com o apoio do Governo do Estado e Secretaria de Comunicação do Estado, realizou uma grande festa, que teve início no dia 13 de março e se estendeu até o dia 16. A festa contou com atrações principais como a banda Psirico, Mariene de Castro, Seu Maxixe e Sine Calmom.

Por trazer atrações de interesse popular, a cidade nestes dias atrai pessoas de diversos lugares da região, que se deslocam de seus municípios para aproveitar a tradicional festa em comemoração à nova idade de Cachoeira. Partindo do pressuposto da grande demanda, a população aproveita para garantir lucros nos dias festivos. Montam barracas vendendo alimentos, bebidas e acessórios como pulseiras, colares, anéis, brincos, etc.

População em festa

Estudantes que residem na cidade preferem ficar para o final de semana de comemoração do aniversário de Cachoeira, em vez de irem para suas cidades. Muitos deles afirmam gostar de estar no município em tempo de festa, por trazer muita gente nova e, também, pelas atrações.

O cantor “Nenho” é residente de Cachoeira e participa da programação de bandas. No show, ele afirma gostar de morar e poder contribuir com a alegria do pessoal que vai prestigiar a festa.

Dona Matilde, 65, aposentada, mora em Cachoeira há 40 anos e diz que a comemoração de aniversário da cidade costumava ser com desfiles de fanfarras e filarmônicas, e hoje em dia é mais voltado para a espetacularização. Diz ter perdido o aspecto de cultura popular e está a cada ano mais engajada em trazer bandas de preferência do povo. Mas, afirma também gostar das mudanças por atrair os parentes distantes para visitá-la nesta época.

 Já Dalila Brito, 19, mora em Cachoeira há nove meses, desde que se matriculou no curso de Jornalismo na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia. Ela diz já ter participado de festas na cidade, mas é a primeira vez que presencia a comemoração da emancipação. Dalila acredita que as atrações satisfazem o gosto e cultura da população. Mostra-se empolgada com a programação da festa e diz que a localização do evento é de fácil acesso, mas acredita não comportar muito bem as pessoas presentes pelo porte das atrações e, principalmente, por atrair turistas.

Veja quais foram as atrações musicais:

Dia 13/03/2014 (quinta-feira)

17h – Orquestra Sinfônica do IAENE

18h – Samba de Roda Filhos do Caquende

20h – Samba de Roda de Dona Dalva

22h – Mariene de Castro

00h – Samba de Primeira

 

Dia 14/03/2014 (sexta-feira)

20h – Samba de Crioulo

22h – Partido Ponto Com

00h – Juninho Cachoeira

02h – Psirico

 

Dia 15/03/2014 (sábado)

20h – Sedução do Prazer

22h – Axé Mais

00h – Nenho

02 – Seu Maxixe

 

Dia 16/03/2014 (domingo)

Das 10 às 20h – Festival de Bandas e Fanfarra da Bahia

20h – Brotou Samba

22h – Sine Calmom

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s